BEM-ESTAR

ARTIGO: Nunca é tarde para cuidar da sua circulação

ARTIGO: Nunca é tarde para cuidar da sua circulação
Médico e cirurgião vascular Dr. Sthefano Atique Gabriel

Com a correria do dia a dia e as exigências do mercado de trabalho, é esperado que as pessoas, de um modo geral, não priorizem o cuidado com a sua saúde e não valorizem alguns sintomas usuais, porém relevantes, como dores nas pernas, inchaço, formigamento nos pés e endurecimento das panturrilhas.

Durante a pandemia e a restrição domiciliar, houve uma piora relacionada a presença de fatores de risco para as doenças circulatórias. Em outras palavras, aumentou a incidência de pacientes hipertensos, diabéticos, obesos, sedentários e estressados. Este contexto é prejudicial ao sistema circulatório, uma vez que estes fatores de risco aumentam a probabilidade de uma pessoa desenvolver ao longo dos anos doenças vasculares graves, como derrame cerebral, infarto do miocárdio, má circulação, trombose venosa profunda e embolia pulmonar.

Além disso, o caráter silencioso das doenças circulatórias constitui a maior preocupação quando nos referimos ao risco de uma pessoa desenvolver uma doença vascular. O cérebro não avisa que teremos um derrame, o coração não exprime sinais de que ocorrerá em breve um infarto e a circulação das pernas não comunica nosso corpo de que haverá um entupimento arterial extenso, com chances reais de perda do membro acometido.

Portanto, temos dois caminhos a seguir. Podemos aguardar a manifestação de algum sintoma e correr para o atendimento médico na tentativa de remediar o evento circulatório ou podemos manter o acompanhamento periódico da nossa circulação, efetuando avaliações seriadas que permitirão o diagnóstico das possíveis alterações vasculares, antecipando os eventos cerebrovasculares e cardiovasculares e suas respectivas complicações.

No mundo moderno em que vivemos, com tamanha evolução tecnológica na área médica, o Check Up Vascular representa a maior conquista da Medicina Preventiva. Ele pode ser realizado dentro ou fora do ambiente hospitalar, na maior parte das vezes no próprio consultório médico. Além disso, não há limite de faixa etária e nem restrições físicas que impeçam o adequado acompanhamento do sistema circulatório.

Qual seria o melhor momento para realizar o seu Check Up Vascular? Quando houver a compreensão de que você precisa se cuidar e de que não existe outra maneira de prevenir doenças circulatórias, exceto realizando o Check Up Vascular. Embolia pulmonar, trombose venosa profunda, trombose arterial, pé diabético, hipertensão refratária, aneurismas de aorta, obstrução das artérias carótidas e insuficiência venosa constituem algumas doenças circulatórias que podem ser prevenidas, diagnosticas e tratadas com o Check Up Vascular. Nunca é tarde para cuidar da nossa circulação.

Para quem testou positivo para Covid ou precisou ser internado para tratamento respiratório, a incidência de complicações vasculares é ainda maior. Doenças circulatórias, como trombose venosa profunda, embolia pulmonar, trombose arterial e alterações renais podem ser diagnosticadas em até aproximadamente 3 a 4 meses após a infecção viral pelo Coronavírus, fato que nos alerta sobre a importância de manter o acompanhamento periódico do sistema circulatório através do Check Up Vascular.

Para maiores informações sobre a Saúde Vascular e as principais doenças que acometem o nosso circulatório, acesse o site www.drsthefanovascular.com.br.


Serviço:

Dr. Sthefano Atique Gabriel

Angiologia e Cirurgia Vascular - CRM 130437

Instagram: @drsthefanoatiquegabriel

Facebook: /drsthefanoatique

Contato:  17 3512-1970

Endereço: R. Redentora, 3106 - Vila Redentora - São José do Rio Preto - SP


+ Sintonia

Não espere sua circulação piorar para procurar atendimento médico! Entenda os principais sinais e sintomas

Você já teve um derrame ou um infarto? Sua pressão é de difícil controle? Suas pernas doem durante a caminhada? Você sente o pé frio e formigando? Sua ferida nã...

Leia +

Por que a inteligência emocional é tão importante para nossa saúde?

Quando pensamos em recursos ou ferramentas que possam favorecer nossa saúde, imediatamente consideramos os alimentos, o exercício físico, as vitaminas e os medicamentos. No...

Leia +

O tratamento com laser transdermico pode substituir a cirurgia de varizes? Entenda a diferença

Aproximadamente 20% a 30% da nossa população sofre com varizes, principalmente nos membros inferiores. Caracterizadas por veias dilatadas e insuficientes,...

Leia +

Você sabe o que é e quais os tipos de intoxicação? Entenda melhor

O conceito de intoxicação é muito amplo, pode parecer uma situação atípica, rara, mas eu garanto que todos nós, sem exceção, já enfrentamos ou passamos por isto em algum mo...

Leia +

Outubro Rosa: saiba como se prevenir da trombose associada ao câncer de mama

É indiscutível que a trombose venosa profunda representa uma das principais complicações da atividade tumoral. Estima-se que o risco de eventos tromboembó...

Leia +