NOTAS

Inverno começa hoje e deve sofrer influência do La Niña

Inverno começa hoje e deve sofrer influência do La Niña
Dias frios devem terminar em 22 de setembro
📸 Pixabay

Período mais frio do ano, o inverno começa hoje (dia 21) às 6h14 no Hemisfério Sul. A expectativa do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é de três meses com chuvas acima da média nas regiões Norte e Nordeste, devido ao fenômeno La Niña. A estação termina em 22 de setembro, às 22h04 (horário de Brasília). 

Oposto ao El Niño, o fenômeno La Niña se caracteriza principalmente pelo registro de temperaturas abaixo da média na superfície da parte do Oceano Pacífico que fica próxima à Linha do Equador, o que afeta o clima na América do Sul. No Brasil, entre os efeitos mais comuns está o aumento da precipitação e da vazão dos rios no Norte e a redução das chuvas na Região Sul.

Além de mais chuvas, o Inmet prevê que a Região Norte terá temperaturas mais elevadas. As exceções são o sul do Pará e de Tocantins, onde o clima mais quente deve ser acompanhado de chuvas abaixo da média, o que aumenta as chances de incêndios florestais no sul da Amazônia.   

Na região Centro-Oeste, massas de ar seco e quente também devem favorecer incêndios florestais principalmente nos meses de agosto e setembro. O inverno deve intensificar o período seco, e a tendência é de diminuição da umidade relativa do ar nos próximos meses, com valores diários que podem ficar abaixo de 30%, e picos mínimos abaixo de 20%.

Tempo seco

O tempo mais seco que a média deve marcar o inverno na Região Sul, além de temperaturas próximas e abaixo da média com a chegada de massas de ar polar, principalmente entre julho e agosto. O oeste desses três estados, porém, pode ter chuvas acima da média, e o norte do Paraná deve ter um inverno mais quente que o de costume.

No Nordeste, as chuvas acima da média devem incidir sobre o litoral, enquanto no oeste da Bahia e no sul do Piauí e do Maranhão as precipitações poderão ser próximas da média. O La Niña também deve forçar as temperaturas a um patamar próximo ou acima da média em grande parte da região.

O Sudeste pode ter chuvas ligeiramente abaixo da média, mas a passagem de frentes frias deve continuar a causar chuvas no litoral. Sobre a temperatura, a previsão é que permaneça acima da média, mas massas de ar polar podem determinar a formação de geadas em regiões de altitudes elevadas.


+ Sintonia

Câmara aprova PPI do Semae com descontos de até 100% nos juros e multas

A Câmara de Rio Preto aprovou, nesta quinta-feira, o projeto de lei, de autoria do Executivo, que institui o PPI – Programa de Pagamento Incentivado do Semae para o exe...

Leia +

Procura por seguros de vida cresce entre os mais jovens na pandemia

A cada ano é maior o número de brasileiros que adquirem um seguro de vida, no entanto, após o advento da pandemia da Covid-19, a adesão de pessoas mais jovens a essa modalida...

Leia +

Arraiá do Anglo terá três dias de festa com temas e solidariedade

Depois de dois anos em sistema drive-thru, a Festa Junina do Anglo está de volta de maneira presencial. Para comemorar este retorno e celebrar a época mais “arretada” do ano, serão...

Leia +

Quina de São João sorteará prêmio de R$ 200 milhões neste sábado

Um dos grandes prêmios do ano, a Quina de São João 2022 (concurso 5.581) será sorteada neste sábado (dia 25) pela Caixa. O valor do prêmio é estimado em R$ 200 milhões e, seg...

Leia +

Homem de 36 anos é preso por furto de telhas

Um homem de 36 anos foi preso e uma menor de 17 anos foi apreendida por furto de telhas metálicas no distrito de Talhado, na madrugada desta sexta-feira (dia 24), sendo...

Leia +