BEM-ESTAR

Cinco motivos para você cuidar das suas varizes e ''vasinhos''

Cinco motivos para você cuidar das suas varizes e ''vasinhos''
Médico e cirurgião vascular Dr. Sthefano Atique Gabriel

Grande parte da população, especialmente as mulheres, sofre com a presença de varizes nos membros inferiores. Além do incômodo estético, as varizes podem causar complicações indesejáveis como dermatite, hiperpigmentação, eczema, flebite, trombose, varicorragia e úlcera venosa.

De acordo com o médico e cirurgião vascular Dr. Sthefano Atique Gabriel, o histórico familiar, uso de medicações contraceptivas, período gestacional, sobrepeso, obesidade e excesso de trabalho representam os principais fatores de risco para o desenvolvimento de varizes. "Apesar de mais frequente nas mulheres, as varizes também acometem os homens, na maioria das vezes com quadros clínicos avançados que exigem tratamento cirúrgico", afirma o especialista.

Ele explica que a insuficiência ou presença de refluxo na veia safena constitui uma forma de doença varicosa que merece atenção, uma vez que aumenta o risco de flebite, trombose e formação de úlcera venosa.

"Quando doente, a veia safena precisa ser tratada, seja com técnicas termoablativas que destroem a parede venosa com temperatura elevada ou com a fleboextração, que consiste na retirada cirúrgica da veia safena. Apesar de importante, a veia safena pode ser removida, porque 80% do retorno venoso é realizado por veias do sistema venoso profundo. Desta forma, nosso organismo consegue adaptar-se à ausência da veia safena", completa Dr. Sthefano.

O médico destaca ainda que algumas pessoas são reticentes quanto ao tratamento das varizes, porque acreditam que o caráter estético é imperativo, não havendo riscos para sua saúde. Para esclarecer de forma concisa a importância do tratamento das varizes, Dr. Sthefano selecionou 5 motivos pelo qual uma pessoa deve procurar orientação e realizar o tratamento das suas varizes:

1- Varizes não representam apenas um problema estético. Alterações de pele como eczema, dermatite, hiperpigmentação e úlcera venosa são decorrentes da presença de varizes nos membros inferiores, especialmente quando acompanhada de comprometimento da veia safena. O impacto social e o prejuízo na qualidade de vida são significativos quando a doença varicosa evolui para úlcera venosa;

2- Faixa etária não representa impedimento para o tratamento das varizes. Com a evolução tecnológica da medicina vascular, atualmente qualquer pessoa em qualquer faixa etária pode realizar o tratamento das suas varizes. Procedimentos minimamente invasivos e guiados por ultrassom reduziram o risco de complicações cirúrgicas para pacientes idosos, permitindo que o tratamento possa ser realizado com a eficácia desejada, muitas vezes sem necessidade de repouso, anestesia e internação hospitalar;

3 - O tratamento das varizes pode ser realizado por técnica à laser. Os procedimentos a laser, dentre eles o laser transdérmico e o endolaser, representam uma verdadeira revolução no tratamento das varizes e dos "vasinhos", oferecendo aos pacientes a oportunidade de realizar um tratamento moderno, eficaz, minimamente invasivo e com durabilidade comprovada por estudos científicos. Em muitos países, o tratamento das varizes com laser substitui a cirurgia convencional;

4 - Varizes e "vasinhos" podem ser tratadas no consultório do cirurgião vascular. Dependendo do caso, varizes e os "vasinhos" podem ser tratadas no consultório médico com técnicas como escleroterapia com polidocanol, escleroterapia combinada, laser transdérmico e microcirurgia. A avaliação médica é fundamental para o sucesso do tratamento;

5 - O tratamento das varizes e dos "vasinhos" é sinônimo de saúde. Tratar varizes e "vasinhos" significa saúde, qualidade de vida, bem-estar e autoestima. Não tenha vergonha de usar saia, short, colocar um biquíni ou exibir suas pernas.


Serviço:

Dr. Sthefano Atique Gabriel

Angiologia e Cirurgia Vascular - CRM 130437

www.drsthefanovascular.com.br

Instagram: @drsthefanoatiquegabriel

Facebook: /drsthefanoatique

Contato:  17 3512-1970

Endereço: R. Redentora, 3106 - Vila Redentora - São José do Rio Preto - SP



+ Sintonia

Pessoas com HIV apresentam maior risco cardiovascular

Desde a descoberta dos primeiros casos de infecção pelo vírus conhecido como HIV, existem inúmeras especulações e diversas demonstrações de forte preconceito. T...

Leia +

ARTIGO: Dores nas pernas e formigamento nos pés representam alterações circulatórias em dias frios

Nosso sistema circulatório é muito sensível às variações térmicas. Durante o período de altas temperaturas, ocorre um fenômeno denominado vasodilatação, q...

Leia +

Filho de Whindersson Nunes: bebês prematuros podem apresentar problemas cardíacos

Na rotina de um cardiologista, um dos maiores desafios é lidar com as doenças cardíacas congênitas, ou seja, aquelas doenças estruturais e funcionais que são diagnost...

Leia +

ARTIGO: O silêncio dos que aguardam por tratamento para as doenças circulatórias

Recentemente foi publicado em um jornal de alto impacto e alcance nacional que aproximadamente 60 mil pessoas aguardam na lista de espera para realizar ci...

Leia +

Dor nas costas pode ser alerta de um problema cardiovascular

Existem algumas áreas em nosso corpo que são alvo de muita tensão física e mental. Desta forma, comumente nos deparamos com sintomas que,...

Leia +