BEM-ESTAR

Dores nas pernas após o exercício físico pode ser sinal de trombose

Dores nas pernas após o exercício físico pode ser sinal de trombose
Médico e cirurgião vascular Dr. Sthefano Atique Gabriel

Neste momento em que todos procuramos manter bons hábitos de vida, nem mesmo a queda de temperatura representa um fator impeditivo para a prática de atividades físicas. Porém, o exercício quando realizado sem supervisão ou em excesso pode vir acompanhado do aumento do risco de lesões musculares, articulares e circulatórias.

A Síndrome da Pedrada representa uma complicação da atividade física realizada de maneira inadequada. Movimentos bruscos, exagerados ou repetitivos podem lesar as fibras dos grupamentos musculares, provocando dor, hematoma e edema no membro inferior acometido.

O quadro álgico muscular pode ser tão intenso, a ponto de impedir o esportista de efetuar o movimento ou obrigá-lo a mancar para deambular. Sem dúvida, a trombose venosa profunda representa o principal diagnóstico diferencial da Síndrome da Pedrada, uma vez que em ambos os casos o quadro doloroso acompanhado por inchaço é muito frequente.

Pelo risco de evoluir para embolia pulmonar, é imperativo que nos casos de dores nas pernas, inchaço e dificuldade para caminhar após a atividade física, o indivíduo mantenha o acompanhamento médico, em especial com o Cirurgião Vascular, que constitui o profissional dedicado ao diagnóstico e tratamento da Trombose Venosa Profunda e de suas complicações embólicas.

Provavelmente por desconhecimento, muitas pessoas não valorizam os sintomas que aparecem após a prática dos exercícios físicos e se automedicam com analgésicos e anti-inflamatórios, o que pode mascarar o quadro clínico, retardando o verdadeiro diagnóstico e dificultando a instituição do melhor tratamento. A rápida evolução do quadro doloroso e o surgimento de complicações representam os principais malefícios da automedicação.

Nos casos de trombose venosa provocada pelo exercício, a manutenção da atividade física é prejudicial ao sistema circulatório venoso, aumentando o risco de evolução para embolia pulmonar. O tromboembolismo pulmonar caracteriza-se pela obstrução da circulação pulmonar devido à impactação de coágulos de sangue na circulação pulmonar, o que provoca um quadro de insuficiência respiratória. Na maior parte das vezes, os trombos originam-se nas veias dos membros inferiores, ou seja, a trombose venosa profunda representa o primeiro passo para o desenvolvimento da embolia pulmonar.

A avaliação clínica baseada em sintomas, tais como, dores nas pernas, inchaço, dor torácica e falta de ar não são suficientes para o diagnóstico do quadro tromboembólico. A avaliação completa e detalhada do sistema circulatório com o Doppler Vascular representa a melhor forma de diagnosticar precocemente as complicações vasculares associadas a prática inadequada de exercícios físicos.

Além disso, procure estar bem agasalhado durante a atividade física ao livre e use meias confortáveis para aquecimento das mãos e dos pés. Durante o inverno ocorre o fenômeno da vasoconstrição periférica, que caracteriza-se pelo fechamento da microcirculação das mãos e dos pés, o que pode exacerbar doenças circulatórias pré-existentes.

Esteja atento à sua saúde vascular. Na presença de sintomas suspeitos, procure seu Cirurgião Vascular. Para informações adicionais sobre importantes assuntos médicos, acesse o site www.drsthefanovascular.com.br e nos mande um direct.


Serviço:

Dr. Sthefano Atique Gabriel

Angiologia e Cirurgia Vascular - CRM 130437

Instagram: @drsthefanoatiquegabriel

Facebook: /drsthefanoatique

Contato:  17 3512-1970

Endereço: R. Redentora, 3106 - Vila Redentora - São José do Rio Preto - SP



+ Sintonia

ARTIGO: Dor abdominal e dor nas costas podem ser manifestações do aneurisma de aorta

As dores abdominais e as dores nas costas constituem queixas frequentes dos pacientes durante as consultas médica. Dentre as diversas patologias abdominais, dev...

Leia +

Vai passar por uma cirurgia? Veja quais são os cuidados e precauções com corpo e mente

Ao longo de nossa vida, em decorrência de diversos problemas de saúde ou mesmo alguma situação mais pontual, necessitamos de uma cirurgi...

Leia +

ARTIGO: Tudo o que você precisa saber sobre trombose

A trombose venosa representa uma doença frequente em nossa população e constitui uma importante causa de internação hospitalar. Dentre as complicaçõ...

Leia +

Qual a importância da febre para nossa saúde? Entenda melhor

Algumas manifestações clínicas atuam como verdadeiros sinais de alerta em relação a nossa saúde. Umas delas seria a febre, um sinal indicativo de algo err...

Leia +

ARTIGO: Nunca é tarde para cuidar da sua circulação

Com a correria do dia a dia e as exigências do mercado de trabalho, é esperado que as pessoas, de um modo geral, não priorizem o cuidado com a sua s...

Leia +