BEM-ESTAR

Tempo seco e quente pode agravar a tosse seca e rinite

Tempo seco e quente pode agravar a tosse seca e rinite
Especialistas do HSPE dão dicas para amenizar os efeitos da baixa umidade do ar
📸 Divulgação

A onda de calor que atinge algumas regiões do país desde a semana passada deve ser prolongada até pelo menos o final desta semana, segundo informações do Climatempo.

Boletim divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) aponta que a previsão para as regiões Centro-Oeste e Sudeste é de altas temperaturas e tempo seco na maior parte das duas regiões. Em São Paulo, a umidade do ar tem variado entre 20% e 30% durante o dia, o que é considerado crítico. A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera adequada para a saúde valores entre 50% e 60%.

“As temperaturas acima da média ajudam a acentuar a baixa umidade e em consequência aumentam a concentração de poluentes no ar, provocando a irritação das vias aéreas e a tosse seca”, explica a médica Maria Vera Cruz, pneumologista do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE).

Tosse seca

A tosse seca é um mecanismo de defesa do sistema respiratório em que os cílios pulmonares expelem partículas variadas presentes nas vias aéreas. Quando a manifestação não melhora após algumas semanas, pode ser considerada persistente.

Os palpites sobre as causas da tosse seca persistente são diversos, mas apenas o profissional médico pode chegar a um diagnóstico e indicar o tratamento adequado, já que a tosse seca prolongada é um sintoma. Ela pode ter diversas causas, sendo as mais frequentes as alergias, asma, sinusite, refluxo gastresofágico, infecções respiratórias pulmonares e como resposta do organismo às condições ambientais.

Confira algumas orientações que podem trazer benefícios:

Hidrate-se com frequência;

Pessoas em tratamento de problemas respiratórios devem seguir as orientações e prescrições médicas corretamente;

Manter os ambientes limpos para minimizar a presença de poeira e ácaros;

Ventilar a casa e os locais fechados diariamente;

Deixar água, em vasilhas ou baldes, nos ambientes. Toalhas molhadas também podem ajudar.

Crianças e idosos precisam de mais atenção. No primeiro grupo é comum que aconteçam quadros de sangramento nasal, falta de ar, tontura, olhos e lábios desidratados, enquanto nos idosos a desidratação e hipotensão são questões que podem surgir.

Rinite 

Outro problema que pode ocorrer nessas condições climáticas é a rinite, que é uma condição inflamatória nasal que pode ser causada por alergias ou infecções virais. “Os sintomas incluem nariz entupido, coceira nasal, coriza e espirros. A rinite alérgica pode ser tratada com lavagem nasal com soro fisiológico, anti-histamínicos indicados por um profissional médico e controle ambiental dos alérgenos”, explica Andrea Almeida, infectologista do HSPE. Ela complementa que a rinite viral geralmente desaparece por conta própria em alguns dias.

As especialistas recomendam que, caso a tosse seca persistente ou outro sintoma esteja prejudicando o bem-estar do paciente, é importante procurar ajuda médica. Em caso de piora do quadro, como a presença de febre, mudança da cor do muco e dores musculares, a busca por um profissional deve ser feita o mais rápido possível, lembrando que o uso de medicamentos não deve ser feito sem orientação médica.


+ Stnews

Dia Mundial do Doador de Sangue: saiba mais sobre a doação regular

A auxiliar administrativa Larissa Régis, de 24 anos, doou sangue pela primeira vez há seis anos, logo que completou 18 anos. “Fui motivada pelo desejo de ajudar as pess...

Leia +

O hábito de fumar aumenta o risco de doenças circulatórias

O hábito de fumar representa um importante fator de risco para as doenças cardiovasculares, em especial para os problemas relacionados ao sistema circulatório. ...

Leia +

Campanha de vacinação contra poliomielite termina nesta sexta-feira

A Campanha de vacinação contra a poliomielite está entrando na reta final: o último dia para os pais levarem as crianças de um a menores de cinco anos para receber a gotinha ...

Leia +

JUNHO – mês de conscientização sobre Lipedema

O mês de junho é dedicado aos cuidados e as orientações acerca do Lipedema, uma doença que acomete predominantemente o sexo feminino e em muitos casos, de...

Leia +

Sintomas de dengue, chikungunya e Zika: saiba as diferenças e as possíveis complicações

Transmitidas principalmente por mosquitos, as arboviroses são doenças virais que colocam em risco quase 4 bilhões de pessoas no mundo, segundo a Organização Mundial da ...

Leia +